Caso não consiga visualizar a mala direta, clique aqui

VOLTA ÀS AULAS SEM CATAPORA (VARICELA)

Com a chegada da primavera, e do novo colorido na paisagem, é época também do florescimento de outros organismos que não são tão desejáveis.

É na primavera que aumenta a incidência da Catapora (Varicela) e com a volta às aulas os pais devem vacinar seus filhos para imunizá-los exatamente antes da época em que a doença está em evidencia, mantendo assim a saúde.

A vacina contra Catapora (Varicela) está disponível em todas as unidades da Rede Prophylaxis® durante todo o ano e também é recomendada para adolescentes e adultos que não tiveram a doença na infância e portanto estão expostos ao risco de pegar Catapora (Varicela).


A Prophylaxis® inaugurou uma nova Unidade, desta vez em São Gonçalo. Em agosto teremos a inauguração da Unidade João Pessoa - PB e até o final do ano os bairros do Leblon, Botafogo e Tijuca vão receber novas Unidades da Prophylaxis® Clínicas de Vacinação


Fachada da Unidade João Pessoa - PB


Nosso portal está com novidades! Notícias atualizadas diariamente no novo Prophylaxis® News!


Seja um franqueado Prophylaxis® - acesse www.prophylaxis.com.br e saiba como.


Ação Prophylaxis®

Na última quinta-feira (31/07) a Prophylaxis® realizou a campanha de vacinação, junto com empresa de marketing esportivo Intersport, do evento Rei e Rainha da Praia 2008. A exemplo do que vem fazendo nas últimas edições, a organização do Rei e Rainha da Praia promoveu a vacinação de crianças do Espaço Criança Esperança, no morro do Cantagalo, no Rio de Janeiro. Este foi o sexto ano consecutivo que a Prophylaxis® participou do projeto, já tendo doado um total de 1000 vacinas para diferentes tipos de doenças.


Criança é vacinada


NOTÍCIAS

Campanha Nacional de Vacinação para Eliminação da Rubéola

Começa no próximo sábado, dia 09, a Campanha Nacional de Vacinação para Eliminação da Rubéola. Este ano a campanha também vai atingir adolescentes de 12 a 19 anos dos estados do Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte. Além desses, devem ser vacinados adultos, homens e mulheres, de 20 a 39 anos. A campanha vai até o dia 12 de setembro e é considerada a maior campanha de imunização já realizada no mundo. A meta é vacinar cerca de 70 milhões de adultos de todo o país. Quem já teve a doença, ou nunca tomou a vacina, também deve se vacinar. Mulheres grávidas não podem se vacinar. A vacina contra a rubéola protege 95% da população vacinada.

A ação faz parte do compromisso firmado pelos países das Américas, durante a 44ª reunião do Conselho Diretor da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), de eliminar a rubéola até 2010.

Este ano a campanha vai focar na população do sexo masculino, já que em anos anteriores mulheres e crianças foram os principais alvos. Em 2007, a doença atingiu 20 estados brasileiros, totalizando 8.156 casos. A faixa etária mais atingida é a de 20 a 34 anos de idade e os homens respondem por 70% dos casos.

A rubéola é uma doença respiratória causada pelo vírus da Rubéola, da família dos togavírus, e sua transmissão se dá através da tosse e de secreções nasais.

Campanha Nacional de Vacinação do Idoso é um sucesso.

A Campanha Nacional de Vacinação do Idoso, realizada nos meses de abril e maio, foi um sucesso. O Ministério da Saúde divulgou na última quinta-feira (31/07) que 87% das pessoas com mais de 60 anos foram imunizadas com a vacina contra a gripe, superando em 7% a estimativa inicial do governo. A Região Centro-Oeste foi a que mais vacinou, com 96,63% de idosos imunizados, seguida da Região Norte com 94,24% e da Região Nordeste com 87,62%. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em vinte anos o Brasil será o sexto país do mundo em população de idosos. Estima-se que a vacina contra a gripe diminua em 50% as doenças relacionadas à gripe e 32% de internações por pneumonia.


CENÁRIO ATUAL – DESENVOLVIMENTO BIOTECNOLÓGICO

Pesquisadores pretendem testar vacina contra dengue

Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) estão trabalhando numa vacina contra a dengue e já pretendem testá-la em 2009. A pesquisa foi apresentada durante a 60° Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) realizada no último dia 29, em Campinas. A pesquisa, realizada com uma forma mais atenuada do vírus, apresentou 100% de eficácia para os tipos 1 e 2 da dengue. Para os vírus tipos 3 e 4 ainda não há uma resposta efetiva quanto à atuação da vacina, segundo a SBPC.

Fonte: Agência Brasil

Prevenção é o melhor remédio

Com os seguidos fracassos na tentativa de se obter uma vacina para a Aids, a prevenção se tornou a única, e eficaz, arma no combate à doença. Estima-se que hoje exista cerca de 33 milhões de pessoas no mundo todo infectadas pelo vírus HIV.

- Os últimos testes da vacina, feitos em mais de 3 mil pessoas, são decepcionantes. Provavelmente a vacina para a Aids não vai ser descoberta nos próximos 20 ou 30 anos, e é por isso que a prevenção se torna tão importante - afirma o mexicano Luis Soto, chefe de Virologia Molecular do Departamento de Infectologia no Instituto Nacional de Nutrição do México e co-presidente da 17ª Conferência Internacional sobre Aids ("Aids 2008"), que foi realizada no México no início deste mês.

A maior dificuldade na busca pela vacina da Aids é que o vírus é capaz de se transformar e de se combinar inúmeras vezes, o que o torna mais resistente.

- É necessário que se faça uma vacina que crie imunidade esterilizante, ou seja, que em contato com o vírus o mate – afirma Luis.

Atualmente os remédios contra a Aids aumentaram a expectativa, e a qualidade, de vida dos infectados em até 30 anos, mas ainda não tem o poder de curar.

Portanto, a prevenção ainda é o melhor remédio.

Fonte: Agência Efe

Informativo n° 2008.08.002
Para deixar de fazer parte deste mailing descadastre-se neste link.

Por favor, não responda esse email. Para entrar em contato conosco, clique aqui.